CLÁSSICOS DAS ÚLTIMAS PALAVRAS – 4

wpid-cirurgiasimples-2010-05-10-13-093.jpg

“RELAXE, É SÓ UMA CIRURGIA SIMPLES”

Poucas áreas do conhecimento humano são tão pródigas em facilitar o meu trabalho quanto a área médica, a minha preferida depois da indústria bélica. Apesar dos seus profissionais dizerem que tentam o exato contrário, nada supera a medicina no quesito fatalidade. Posso estar errado, mas acho que perto de uns 70% de vocês vão para a terra dos pés-juntos ao lado de um homem de branco dizendo que já fez de tudo ou que esqueceu alguma coisa de metal ao lado do seu pâncreas. E poucos momentos e frases são tão emblemáticas de uma área quanto a clássica “Relaxe, é só uma cirurgia simples”.

O problema, é óbvio, não está nas palavras em si, que são claramente uma tentativa de relaxar alguém que está prestes a entrar na faca. Às vezes funciona, às vezes não, e às vezes alguns tentam sair correndo antes de serem sedados à força. Ninguém em sã consciência relaxa ao saber que vai ser aberto como um peru de natal a ser recheado de farofa. Mas como o ser humano é dado a ilusões, e ao auto-engano, para não dizer à burrice mesmo, então dá-lhe bisturi.

Como uma cirurgia é sempre um procedimento de alto risco, e implora para dar errado desde o momento que alguém tem a idéia de realizá-la, a sorte que muitos tem de conseguir sobreviver a uma incursão dessas é a evidência definitiva de que já perdi a forma. Em outras palavras: não é a medicina que está evoluindo, eu é que ando meio preguiçoso mesmo.

O que muitos de vocês não percebem é que esta frase esconde uma pegadinha, ou uma puta sacanagem, como queiram, que ludibria os mais incautos. Há uma palavra que não surge ali, mas que está presente na cabeça do médico, do cirurgião, ou mesmo do leigo que a omitem apenas para tranquilizar o futuro presunto. Quando alguém diz “Relaxe, é só uma cirurgia simples” subentenda-se que logo após há um insinuante “…Espero”. Há mais sabedoria neste curto “espero” não dito do que em todos os compêndios de medicina já escritos.

Não dá nem para dizer que haja dolo nesta pequena omissão. O que o ser humano tenta escamotear com estas últimas palavras é uma falsa sensação de poder sobre uma mentira secular: a lenda de que o corpo humano é uma máquina perfeita e que basta uma pequena regulagem na parte interna para ficar como nova. Não acreditem nisso.

O corpo humano, na real, é um erro de engenharia tão grosseiro que se houvesse uma CPI da criação certamente descobririam algum desvio de verba no projeto. Nada é mais tosco, mal-ajambrado, e ridiculamente frágil do que esta porcaria que vocês usam. O corpo humano só perde o prêmio de pior design da natureza por uma questão de regras. Se os ornitorrincos fossem considerados hors concours o troféu já era de vocês há muito tempo.

O que há de mais irônico em “Relaxe, é só uma cirurgia simples” é que quem diz isto no fundo sempre sabe que não é. O número de coisas que podem dar errado em uma cirurgia sempre supera em cinco ou seis vezes o número do que pode dar certo, e se você estiver usando convênio, o número dobra.

Mas caso não haja escolha e você tenha que entrar para a turma do zíper, peçam para que lhe digam apenas um breve e curto “relaxe”. Porque a única coisa “simples” em uma cirurgia é o meu serviço depois.

__________________________________________

Próximo Clássicos das Últimas Palavras: “PODE VIR QUE ELE É MANSO!”

Anúncios

9 pensamentos sobre “CLÁSSICOS DAS ÚLTIMAS PALAVRAS – 4

  1. A é Elaine! Esqueci que ainda nem assisti premonição 3… o da montanha russa!
    Vo alugar os 2 na quarta! Espero estar bem até lá!

    Acho que tenho 3 cirugias a fazer, mas não vou começar agr não… deixa o medo passar rsrs

    *Abx Dexter!

  2. Olha que ironia, lendo esse post na espera da consulta para operar a miopia…. (via celular)… Fiquei com medo agora… Rsrsrsrrs

  3. AAh nossa, muito boom seu blog! =DD
    Eu ja fiz cirurgia e digo q realmente vc tinha tirado o dia d folga no dia kkk’ (Graças Deus)
    Assisti premonição 4 e lembrei d vc!! lol! vc faz estrago O.o

  4. Olha,longe de mim querer puxar seu saco.. mas oq é bom merece ser mesmo elogiado!
    E seus textos são excelentes! Leves.. gostosos de ler,humor e inteligência na medida certa!
    Como um sonho de valsa!
    ^^
    E só por curiosidade, tú faz isso de graça????

    Bem, é isso! Boa noite!

  5. Adorei o texto, você escreve muito bem!
    Vi um texto seu no blog do Bill, o Jornal da Lua e como gostei, resolvi dar uma conferida no seu blog!

    ^^

    Já estou te seguindo no twitter e tbm o seu feed…
    Se puder passa lá no Sook depois…

    Bjooo

  6. Muito bom o texto, como sempre. Por mais irônico que seja, a morte tem a noção exata da vida como ela é (claro,porque ela éque acaba com a vida…).

  7. Simplesmente a realidade hahahahaha, é morte, você com certeza é sincero, muito bom o texto como sempre (“…como sempre” eu não sou louco de dizer o contrario)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s