PONTOS MORRIDOS

wpid-matando-2010-11-13-00-293.jpg

O campeonato brasileiro, tal como está hoje, é um cadáver insepulto. E se tem uma coisa que eu odeio é serviço largado na mesa.

Nunca o futebol apresentado em um campeonato foi tão ruim, com exceção, talvez, dos três que o São Paulo ganhou seguidamente, e o último que o Flamengo ganhou por W.O. coletivo dos outros 19 times.

Por isto gostaria de aproveitar este blog para fazer uma proposta muito séria à CBF. Como sei que os dirigentes do futebol brasileiro tem pavor de mata-matas (até então o meu preferido, ÓBVIO) eu sugiro uma terceira alternativa ao campeonato de pontos corridos. Proponho um campeonato de pontos MORRIDOS, ou, mais popularmente, o Morre-Morre.

Seria uma disputa onde, em vez de perder ou ganhar pontos, os times perderiam JOGADORES conforme a sua escolha. O sistema funcionaria simplesmente matando alguns titulares e reservas dos times derrotados e mantendo todos os dos vencedores. Em vez de pontos, jogadores. Funcionaria assim:

– Em caso de uma vitória simples, o time todo sobrevive.

– Em caso de derrota, três jogadores morrem.

– Em caso de empate, cada time perde um jogador.

Simples e prático, não? O número de rodadas seria indefinido e o time que mais vencesse (ou sobrevivesse, o que dá no mesmo) seria o campeão.

Este sistema é similar ao que Roma utilizou na época dos gladiadores e sempre deu certo, posso garantir. Pelo menos nunca vi nenhum cidadão romano queimando bandeira ou pedindo cabeça de imperador depois de uma apresentação no Coliseu.

As vantagens de uma mudança como essa seriam inúmeras, mas posso destacar algumas:

A VOLTA DO FUTEBOL ARTE – Os jogadores pernas-de-pau seriam eliminados logo de cara nas primeiras rodadas e a qualidade média de todos os plantéis subiria em semanas, porque só os craques sobreviveriam.

CAMPEONATOS MAIS CURTOS – O sistema encurtaria o número de rodadas, já que se durar mais de dez periga todos os grande clubes virarem times de futebol de salão.

REBAIXAMENTO DESCOMPLICADO – Não haveria clubes rebaixados. Afinal os quatro times que mais sofressem derrotas já estariam embaixo da terra antes do final do campeonato. A zona da degola finalmente faria jus ao nome e todos os clubes pensariam duas vezes antes de voltar à primeira divisão pra outro fiasco.

TORCIDAS SATISFEITAS – Sabe quando um torcedor tem vontade de matar um jogador que faz corpo mole em campo? Este seria um sonho realizado. É o sistema perfeito para os clubes agradarem seus torcedores de verdade. Afinal, melhor do que colocar alguns pernas-de-pau na geladeira é colocá-los num necrotério de vez.

EMOÇÃO GARANTIDA – O melhor de tudo, claro. Certamente os jogadores entrariam com mais garra no campo e se matariam mais pelos seus times. E não só no sentido figurado, ele se matariam DE FATO.

Eu me proponho a transferir o passe de cada jogador para o além. Poderia fechar um contrato com cada clube, pois tenho uma empresa esportiva registrada, a SOUL TRAFFIC, forneço nota e tudo. Se a Federação topasse, na parte que me toca, eu estaria disposto a fazer esse esforço. Tudo pelo bem do esporte brasileiro.

wpid-mortebola-2010-11-13-00-293.jpg

_________________________________________________
A Morte acha o ônibus dos jogadores tão importante que deveria ser batido pelo presidente do clube.

Anúncios

34 pensamentos sobre “PONTOS MORRIDOS

  1. Cara, parabéns, muito boa mesmo.

    Embora a postagem seja antiga raxei de rir, assim como raxo dos seus twitts, etc.

    Parabéns, e usando até uma certa ironia, ” Viva a morte!”

  2. Notícia fresquinha no Yahoo:
    “São Paulo, 26 nov (EFE).- O vice-presidente da República, José Alencar, será submetido neste sábado a uma nova cirurgia no intestino, informou nesta sexta-feira o Hospital Sírio-Libanês de São Paulo em breve comunicado.

    Embora seu quadro clínico siga estável e o sarcoma venha respondendo ao tratamento, persiste o quadro de suboclusão intestinal, para o qual foi indicado o tratamento cirúrgico. A cirurgia está programada para amanhã (sábado)”, indica o boletim médico.

    P.S Ei morte acho que dessa vez vai mesmo hei?? O Alencar vai mesmo trocar uma idéia com vc

  3. porra se for mesmo juntar todos os pernas de pau em uma barca só coitada da morte vai ficar doida

  4. kkkkk, adorei e apoiooo
    Isso deveria ter valido no jogo de BRA x ARG…so assim tomavam vergonha de jogar
    Sem contar que muito neguinho da seleção ia molhar as calças de medo…né neymar

  5. Poderia começar exterminando os cabeças-de-bagre que empresário e dirigente juram que são “profissionais”…

  6. Matando os corintianos para mim já estava legal… lembre-se que voce esta com uma dívida, já que não conseguiu “levar” o Casagrande…

    ;)

  7. Se em vez de “Pontos Corridos” ou “Mata-mata” o blogueiro inventou e optou pelo “Pontos Morridos”. Então a outra opção só pode ser o formato “Corre-Corre”.

    O esquema deste campeonato que ora proponho, o Corre-corre, seria praticamente igual ao atual Campeonato Brasileiro. A diferença seria que ao término de um jogo, os jogadores deveriam correr até o próximo estádio.

    As vantagens seriam imensas… teríamos jogadores muito melhor preparados fisicamente, velocistas e fundistas seria identificados e teriam suas aptidões adaptadas ao esquema tático, grande economia com transporte e hospedagem, haveria programação televisiva durante o meio da semana, surgiriam novos patrocinadores ligados ao mercado de isotônicos, tênis com amortecimento, etc. Fantástico! Eliminaria também a expectativa que os jogadores do Sul têm atualmente quando vão jogador no Nordeste achando que vão curtir a vida num Resort em vez de honrar seus salários.

    Um ponto extra poderia ser dado à equipe que chegasse antes ao estádio do jogo, valorizando ainda mais o mando de campo. O mercado de trabalho seria ampliado, para criar os novos árbitros da parte da corrida. Inclusive, se isso fosse implantado já para 2011, o Brasil ficaria melhor credenciado para a Olimpíada que vai sediar.

    Certamente a integração que tanto o Lula deseja com a África e Caribe, ganharia um grande estímulo. Jogadores sul-americanos seriam preteridos e novos talentos quenianos e jamaicanos seriam as novas estrelas o Campeonato Brasileiro.

    Corre-corre já !!

  8. Nossa, uma belíssima idéia, porque nunca gostei de futebol, e com um sistema assim, seria um ótimo motivo pra que eu assistisse uma partida (como o jogo que a argentina perdeu na copa, de todos, o mais divertido).

  9. Hei Morte!?

    Poderia ter uma lista dos juizes também né? Afinal, essa arbitragem está de morrer!

  10. Se vitória simples mantêm o elenco, goleada (diferença maior que 3 gols) poderia ‘ressucitar’ 1 jogador, ou ‘crédito’ caso esteja invicto…

  11. Off: A título de curiosidade ?? Falta muito pra vc chamar o Fernando Alonso pra bater um papo ?? Tô meio cansado dele…

  12. só assim mesmo para o futebol voltar a ser o que era antes…
    vai ser de matar![#piadinhasemgraça]

  13. Fazer a proposta, tudo bem. Mas foi sacanagem você ter testado o sistema no Serginho, do São Caetano, sem comunicar previamente.

  14. Aprovadissimo esse sistema…com certeza deixaria os campeonatos mais emocionantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s